Sadhana Informática
Procurar: ok






Posições obtidas
das efemérides
do programa
Astrologia Natal


Você está aqui: Home > Leituras > Textos e Artigos > 2006 - Ano do Cão que Ladra e Morde!

Seção de Textos e Artigos


2006 - Ano do Cão que Ladra e Morde!
por Rosane Volpatto


O ano de "Cão de Fogo Yang" (Bing Xu), no calendário Hsia, iniciará em 29 de janeiro de 2006 com término em 17 de fevereiro de 2007 e estará simbolizado por dois elementos: o "Fogo" que arderá no alto da montanha da "Terra".

De acordo com o "Ciclo Construtivo da Criação", as cinzas do Fogo geram a Terra, é portanto, o Fogo que dá nascimento a Terra. Conseqüentemente o Fogo, estando associado a Terra, que é símbolo de sustentação e harmonia, poderá nos trazer um ano relativamente mais calmo, quando tratar dos conflitos internacionais.

Entretanto, o Fogo do "Yang", ao encontrar o "Cão", símbolo de armazenamento do Fogo, irá trazer erupções vulcânicas, terremotos e até desastres nucleares.

Exatamente há 60 anos atrás, tivemos o último ano de "Cão Fogo", quando um grande terremoto atingiu o Alasca e um outro, acompanhado de tsunami na República Dominicana. No ano de 2006, inicia-se um novo ciclo, onde os acontecimentos de 60 anos atrás tendem a se repetir, mas agora com um inovador pulsar, porque o tempo chinês não é circular, mas sim em espiral. Todavia, estão previstos, para o ano de 2006, sérios terremotos para as áreas centrais da terra ou regiões que possuem nome: centro, meio, central ou parte ocidental de um país ou continente. É aguardado ainda, um desastre de grande proporção com explosão nuclear. O último desastre por nós conhecido foi o de Chernobyl que ocorreu em 1986.

Além dessas más previsões, desastres naturais poderão ser mais freqüentes em 2006 como: desastres em minas, desmoronamentos, queimadas, seca, grandes explosões, etc.

 

O LADO BOM....

A Terra (elemento), representada pelo Cão está associada à morte, as regiões invisíveis regidas pelas divindades lunares, às energias femininas, sexuais e divinatórias. Conseqüentemente, o ano do Cão de Fogo, trará mais abertura, expansão e luz para o terreno espiritual.

No sistema de Quatro Pilares do Destino, o ano do Cão, tem como mais forte o elemento Terra, e o Fogo está presente. O Fogo é a força condutora das atividades econômicas. Isso quer dizer, que em 2006 haverá um incremento nas atividades relacionadas com o comércio internacional, a indústria em geral, arquitetura, seguros, etc.

O Fogo é também, símbolo de mercado financeiro e yang do Fogo é otimismo. É exatamente o otimismo que criará a tendência positiva do mercado financeiro em 2006. Entretanto, tão otimismo estará em alta, tão somente no verão e os investidores têm que se acautelar no outono e no inverno, porque o fogo começará a enfraquecer na metade do ano.

O ano de 2006, fará com que os homens tomem consciência e se preocupem com o futuro da humanidade e o bem estar global. O mundo dará mais atenção a saúde e ao enriquecimento espiritual. Haverá mais cooperação internacional nas questões ambientais como: o controle nuclear e o aquecimento global. Esse será um ano em que muita  gente estará preocupada em fazer o que é correto e infundir aos demais esses sonhos moralistas.

Será também, um ano particularmente importante para a China e a Índia, que são regidas pelo elemento Terra. A China passará ser a primeira potência mundial em breve, e 2006 será um ano chave para alcançar essa meta.

VAI PEGAR FOGO!...

Aqui no Brasil, fogo pegará os palanques das campanhas políticas, pois 2006 é ano de eleição presidencial, que ocorrerão debaixo de grande pressão. Podemos predizer que haverá grandes mudanças na vida política interna de nosso país, assim como de muitos outros.

O Brasil é um país Cavalo de Água, Virgem, de setembro de 1822. O Cavalo é considerado o par ideal do Cão e terá portanto, um esplêndido ano à nível de negócios e dinheiro. O presidente atual é o Galo Lula. Tratando-se de um Galo de Madeira, Lula em 2005, transitou positivamente energético em seu ano, levando-se em conta que se atravessa justamente o ano do Galo de Madeira. Ao completar 60 anos, Lula fechou um ciclo astrológico completo, se encontrando no ponto mais alto de sua plenitude. O Cavalo Brasil, então, soube aproveitá-lo.

Em 2006, entretanto, a sorte de Lula irá mudar e as previsões são que não será reeleito, por mais esforço que faça, pois o ano Cão não travará um relacionamento harmonioso com o Galo. O ano Cão de Fogo não aceita pressões nem exigências do Galo e em uma disputa entre os dois, a ferocidade do Cão vence.

Novos líderes, principalmente mais jovens, assumirão a condução de governos e haverá grandes movimentos sociais, sindicalistas, revoltas, que se não tomarmos cuidado podem acabar em golpes de estado ou revolução. Nós, brasileiros, temos que ficar muito atentos, pois já estamos dentro de um círculo que, sem sombra de dúvida, vai pegar fogo.

2006, ANO QUE VIVEREMOS EM CONSTANTE PERIGO...

2006 será um ano de muitas comoções sociais sobre tudo marcada com o crescimento de novas guerrilhas urbanas, como as que já trazem muita preocupação para o governo Francês.  Os brasileiros já conhecem muito bem esse tipo de guerra inglória, tão comuns entre a polícia e traficantes no Rio de Janeiro.

Há variados fenômenos catastróficos, que já fazem fila, esperando a sua vez, para entrar em ação. Se todos acreditam que 2005 foi pautado por inúmeros desastres ecológicos, não perdem por esperar. Em 2006 poderemos observar um "KIT" completo para todos os gostos que prevêem desastres naturais e catástrofes geológicas. No planeta existem hoje, 1.500 vulcões, em prontidão para tornarem-se o centro das notícias.

Todos esses fenômenos já foram anunciados pelos cientistas, mas existe a "lei do silêncio", imposta pelos governos, que têm muito a perder se a verdade vier à tona.

Além desses, em 2006 corremos risco de uma pandemia de gripe aviária e um sensível aumento nos casos de AIDS e doenças venéreas.

Com tantos acontecimentos negativos, levanto a questão: para que serve tanto progresso tecnológico, se o preço será o holocausto? Teríamos todos nós emergidos da sopa primitiva para sermos eliminados em segundos? Qual seria o sentido da vida? Porque existe um universo? Ainda haverá tempo para corrigir as coisas?

Não apenas a ciência deverá responder a tais questões, mas sim a ciência aliada ao essencial das espiritualidades orientais.

CONFLITOS CANINOS

O Cão é considerado um amigo fiel do homem, protege seu dono durante a vida e acompanha o espírito dos mortos em sua viagem pelo mundo astral. Já foi indicado usando três cabeças, significando passado, presente e futuro e foi vencido por Hércules, provando que as ações heróicas são vitoriosas contra o tempo.

Ma o Cão, pode ser bastante violento quando ameaçado por um desconhecido, ou para alguém que não conquiste sua simpatia.

Já o  "Cão de Fogo" é o tipo que morde e ladra ao mesmo tempo. É o elemento "Fogo" que confere ao cão um temperamento dramático e, muitas vezes, feroz.

O Cão de Fogo faz ainda, o tipo de "justiceiro" e não hesita em fazer justiça com as próprias mãos.

O signo menos favorecido no ano do Cão de Fogo será o Dragão, que é também Terra yang e por isso, chocam-se entre si e tais choques sempre implicam em fortes movimentos de Terra. Portanto, aconselha-se a todos que são do signo do Dragão, que evitem as montanhas, os vulcões e os desertos e regiões altamente sísmicas, pois nesses locais se tornam especialmente vulneráveis. Convém também absterem-se de iniciar algo novo e se tiverem planos, prorroguem-nos até 2007.

Outro signo que será influenciado negativamente será o próprio Cão, que travará um relação penosa com o ano. Sugere-se que se mantenham o mais "off line" possível, evitando de chamar atenção e sendo o mais discreto possível, qualidade que é inerente ao Cão. Agindo desse modo, terá um bom ano.

Seria conveniente que as pessoas nascidas nos anos regidos pelos signos Dragão, Galo, Carneiro e Cão, levem consigo um pequena jóia de jade branco de coelho como proteção contra o ano do Cão de Fogo. Se recomenda ainda, não viajar muito ao Noroeste ou Oeste, especialmente no mês de Outubro que é a posição Grande Duque, o "Tai Sui" e da estrela 5 amarela, respectivamente, em 2006. Também mantenha essas áreas de sua casa bem tranqüilas. 

Os animais mais fortes do ano serão o Coelho, o Cavalo e o Tigre, que já podem esperar por um bom ano.


CURAS CONTRA AS ENERGIA NEGATIVAS ABSORVIDAS EM 2005

Infelizmente, 2006 não será um ano tão positivo como gostaríamos que fosse, mas não devemos desde já manifestarmos um pensamento negativo em relação a ele, pois para tudo há "remédio" ou "cura" no Feng Shui.

Primeiro, antes do início do novo ano, deve-se limpar os sinos de vento e os outros símbolos de proteção que tivermos em casa. Para limpá-los o ideal é colocá-los em uma vasilha, na parte externa da casa, ou janela do apartamento, sob a luz da lua cheia ou da luz solar direta por pelo menos 4 horas, polvilhando-os com sal de cozinha. Depois enxágüe com muita água, seque para em seguida devolvê-los às suas antigas posições.

 

LIMPEZA ENERGÉTICA DA CASA

Na virada do ano sempre é "tudo de bom" fazer uma limpeza em sua casa, que pode se constituir de um ritual bem simples e fácil de ser realizado. Você realizar a faxina anual com:

1. FOGO (que é o elemento de 2006): passando em todos os cantos da casa e nos cômodos com um incenso ou "Pau Sagrado" (Palo Santo) do Chile aceso visualizando a queima de qualquer energia negativa e a purificação da casa.

2. COM AURA SOMA (Pomander branco): misture umas gotinhas do pomander branco com água em um nebulizador e espalhe pela casa.

3. COM SAL GROSSO E ESSÊNCIA DE ROSAS: ponha um pequeno vasilhame com sal grosso e um com essência de rosas em cada canto de um cômodo durante 24 horas. Depois jogue fora. O sal grosso absorve as energias pesadas e a essência de rosas purifica.

4. BATER PALMAS (MUITO USADO NA INDONÉSIA): bater palmas em cada canto subindo de baixo para cima, visualizando a limpeza através do som que dispersa a energia negativa.

5. CARAMELO: faça um caramelo com açúcar mascavo, alho e tomilho. Deixe o caramelo queimas até obter um tipo de carvão. Use-o como incenso em todos os cômodos da casa. O alho e o açúcar espantam más entidades, as lembranças tristes e os miasmas maléficos de ex-moradores.

Curar sua casa, significa curar a si mesmo, pois a nossa casa é uma extensão de nós.

 

SEJA O MESTRE DE SEU DESTINO!

Mesmo quando tudo está contra nós, a experiência nos servirá de lição. Contradições fazem parte de nossas vidas, portanto temos que aprender a conviver com elas. Entretanto, não permita tornar-se vítima da sua própria infelicidade.

É sempre preciso avaliar as energias negativas e apresentarmos a mesma receptividade no encontro da cura.  Ao acolhermos o "negativo", nos daremos conta que o quadro não é tão negro quanto pintam e existem muitas possibilidades de experimentarmos a liberação dessas forças contraditórias.

Se ignorarmos, evitarmos ou fugirmos das situações desfavoráveis apresentadas pelo destino, ela nos perseguirão. São nos momentos difíceis que nos tornamos mais fortes e testamos o nosso potencial de crescimento.

As adversidades da vida existem, para isso mesmo, para serem nossas adversárias e, nossas melhores qualidades despontam quando temos a coragem de enfrentá-las.

2006 nos convoca como adversários dignos, nos revelando toda a sua negatividade e nos desafiando com o difícil trabalho da auto-recuperação do planeta e de nós mesmos!

FELIZ 2006!...

Cor do Ano: Vermelho fogo

Qualidades: Justiça, Solidariedade, Generosidade, Lealdade, Fidelidade


Texto elaborado por:
Rosane Volpatto
rosanevolpatto@brturbo.com.br

Publicado neste site em 23/01/2006

Vega Plus Online


Publique o seu texto

  • Envie o seu texto para o e-mail


Voltar
Voltar à lista de artigos